Arquivo da tag: Deus

Quando o Machado é Pesado demais para um “Líder”

machado-un

Em 2 Reis 6 os discípulos da escola de profetas precisavam aumentar seus alojamentos e convidaram Eliseu para os liderar, mas antes disso acontecer vamos entender um pouco o que levou Elias a escolher Eliseu, para posteriormente se tornar líder da escola de profetas. Levando em consideração algo sobrenatural que aconteceu: O machado que afundou na água, flutuou.

Quando Elias escolhe seu sucessor em (1 Rs 19:19) ”Partiu, pois, Elias dali, e achou a Eliseu, filho de Safate, que andava lavrando com doze juntas de bois adiante dele, e ele estava com a duodécima; e Elias passou por ele, e lançou a sua capa sobre ele”. 
ele sabia que estava próximo sua partida, e era normal em sua época professar a benção sobre seu sucessor ou sucessores (Gn 49) e a necessidade da continuação da escola de profetas era eminente, sendo assim o tipo de escolha para o seu sucessor deveria ser criteriosa e perfeita. Quando o “machado” é pesado demais para um líder este momento se torna um terror em sua mente; filhos, amigos, discípulos, e chegados são postos em sua frente, quem será que dará continuação em meu ministério? Os filhos sempre pesam pelos laços familiares, e as vezes a insegurança financeira pela falta de fé em Deus, fé que o levou ate aquele momento na liderança se afasta, tornando suas decisões mais racionais e sem a consulta de Deus.

Por isso vemos grandes igrejas e Ministérios que outrora eram gigantescos em obras e fé, vão a ruínas por uma decisão equivocada de seus líderes, Quando Elias escolhe seu sucessor ele sabe que não vai haver erros, ele nem cogita a possibilidade do fracasso de sua escolha sabe por que? Porque ele esta sendo dirigido totalmente por Deus e não pelos seus interesses pessoais e conclusões precipitadas de seus critérios de escolhas. Ora, Deus vai dirigir o verdadeiro líder em suas escolhas, não sabe ele o que é melhor?

Feita essa escolha Elias espera pelo seu grande dia, o grande dia da coroação de tudo que o líder efetuou, das suas decisões e as vezes decepções, mas que o fez um grande líder de grandes vitórias tomando para si as palavras do Apóstolo Paulo: ”Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.

E Eliseu? Abandonando tudo (1Rs)”Então deixou ele os bois, e correu após Elias;” foi atrás de seu chamado, largar tudo é para poucos, Largar tudo que o mundo tem para oferecer é para os escolhidos, largar seus sonhos, seu trabalho sua ”reputação”, é só para os que não envegonharão seus líderes pela escolha que fizeram.

Agora o senário muda e Eliseu se torna o percursor do deu ministério. A grande diferença do líder preparado para o chamado, ou pela continuação de uma obra específica se deve pelo fato de uma qualidade indispensável, que é a total certeza do seu ministério e chamado. Quando Eliseu fica sabendo que alguém teria de assumir a direção da escola de profetas ele se define instantaneamente.

continuação em: Quando o Machado é Pesado demais para um ”Discípulo”


DEUS ESCREVEU NA PEDRA A SUA LEI. E JESUS, ESCREVEU NA TERRA!

“E deu a Moisés (quando acabou de falar com ele no monte Sinai) as duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus
(Êxodo 31:18)

“Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra“.
(João 8:6)

Temos um relato fantástico descrito na Bíblia no livro de João capítulo 8, uma mulher que foi apanhada no ato de adultério ”E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério”  (v.3), no Antigo Testamento da Bíblia, a lei mosaica determinava a pena de apedrejamento de quem fosse pego praticando o adultério, (Levítico 20:10). Os escribas e fariseus estavam tentando Jesus para o prenderem, contradizendo as Leis mosaicas, quando eles apresentam aquela mulher condenada a morte a bíblia diz que eles a colocam no meio de todos (v.3b) não bastava o condenamento, mas tinham que expor toda a sua vida perante todos, não era é fácil Cristo assistir toda aquela sena, pois ele nos amou a ponto de deixar a sua glória  pela humanidade em pecados (João 3:16), ele sabia que aquela sena não era comum pois havia um batalha espiritual por traz de tudo o que estava acontecendo, o diabo estava expondo perante Jesus a situação da humanidade, colocando-os sob a vergonha e humilhação. Mas o mais fantástico é que quando Jesus liberta aquela mulher a Bíblia diz no final do (v.9) …“ficou só Jesus e a mulher que estava no meio”  quando ele se coloca no meio isso quer dizer que Jesus se colocou por vergonha por nós, (Isaías 53:5) “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades”… 

(João 8:5) “E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?“, quando eles disseram isto era o mesmo que dizer: “Senhor, Deus escreveu na Lei que os tais sejam mortos por causa do pecado e o que tu dizes, oque tu escreveria?”
A partir daí a Bíblia diz no (v.6) “Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.”  Quando Jesus se inclina pela primeira vez e começa a escrever é como que se ele respondesse a indagação dos fariseus e os escribas (João 13:34) “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.O que Cristo estava querendo dizer é que o amor é superior a condenação, e que ninguém pode acusar e condenar sendo digno de mesma condenação  (Romanos 3:23) “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;”

(João 8:7) E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela”, quando Jesus diz que eles deveriam amar em vez de condenar ele estava dando a oportunidade de Graça a eles mas, a Bíblia diz que eles continuaram a insistir como que se não deram crédito para o que Cristo escrevia na terra, Cumpre-se então oque estava escrito pelo profeta (Jeremias 17:13) “O SENHOR, esperança de Israel, todos aqueles que te deixam serão envergonhados; os que se apartam de mim serão escritos sobre a terra; porque abandonam o SENHOR, a fonte das águas vivas”.  Jesus diz que se algum daqueles tiverem sem pecados poderiam atirar as pedras, mas eles então olhando para as pedras que estavam em suas mãos tiveram na memória Os Mandamentos que os apontava e os condenava também.  Então Jesus se levanta e traz a sentença que eles recaíram sobre àquela mulher, preferiram a condenação do que  amor, e no (v.8) Jesus torna e inclinar-se e escrever no chão, é como se ele escrevesse toda a profecia de Jeremias 17:13.

Jesus nos deixou um Novo Mandamento: “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.”

Não condene “AME”

Não aponte “AME”

Não meça “AME”

Não julgue “AME”

Amém.